Faustão detona dirigentes do Flamengo: "Indecente o comportamento "

Faustão não perdeu a chance de mostrar sua opinião a respeito do comportamento dos dirigentes do Flamengo em relação à relação com a família dos meninos mortos no incêndio do Ninho do Urubu em fevereiro do ano passado. Neste domingo (09), o apresentador recebeu as jornalistas esportivas Carol Barcellos e Bárbara Coelho no quadro Ding Dong do Domingão e aproveitou para falar do tema. "É inadmissível e indecente o comportamento dos dirigentes do Flamengo", iniciou Faustão num rápido desabafo em que ele não poupou palavras e, mesmo sem citar nomes, deixou claro de quem ele estava falando. "O problema não é o dinheiro porque dinheiro nenhum vai trazer de volta", cravou ele já deixando claro que não estava falando das negociações na Justiça. "O problema é principalmente caráter, sensibilidade e ter um pouco de humanismo que é uma coisa que desapareceu no mundo e hoje", contou Faustão enquanto conversava com Carol e Bárbara a respeito da situação delicada que vem acontecendo. Faustão, por fim, decidiu pegar ainda mais pesado e comentou que não entende como os dirigentes conseguem agir da forma como ele criticou. "Como um dirigente do Flamengo consegue chegar em casa olhar filho e olhar neto depois de tratar sem nenhum respeito.É revoltante em todos os aspectos", finalizou. Vale lembrar que Faustão não é o único da Globo a criticar a postura do Flamengo em relação a forma como o Flamengo vem lidando com as homenagens e negociações com os familiares dos meninos do Ninho do Urubu. Fátima Bernardes também falou do tema no Encontro. As críticas da Globo, coincidência ou não, ao tema começaram depois que o Flamengo se recusou a fechar contrato com a emissora carioca para a exibição do Campeonato Carioca e também entrou na Justiça para discutir temas do contrato do Brasileirão.